Fina garoa

fina-garoa

No amanhecer de um dia quente

Uma fina garoa me deixa eloquente

Para sair caminhar sem rumo certo.

No cântico dos pássaros eu desperto

Quero andar para bem longe e molhar

Apagar a cena que não quero lembrar.

 

Do momento que se aproxima a despedida

Sensação desconfortante que acometida

Do período agradável e bem aconchegante

Que passei com os amados e mui cativantes

Regalos motivados numa breve companhia

De um presente já passado, mas que havia.

 

Foram, mas voltarão para nossa doce euforia

Com a voluptuosa sensação de muita alegria

Compartilhando emoções e renovando a vida

Com boas mudanças e muito comprometidas

Na perspectiva de dias glamorosos e felizes

Na conformidade, conforme mesmo dizes.

 

Produção: Miriam Carmignan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s