O perfume das rosas

 

img-20160511-wa0006

Passo pela rua por onde costumo caminhar

Um terreno abandonado sem nada a desejar

Uma plantação de rosas todas enfileiradas

Como uma passarela vermelha ali deitada.

 

Para os passantes afoitos, que vagam por ela

Alguns nem percebem quanta beleza há nela

Eu inalo o cheiro das flores rubras ao passar

Das deslumbrantes rosas que perfumam o ar.

 

Mãos sensíveis plantaram para seu bel prazer

Encantador ornamento que presenciamos

A natureza espera por estes singelos gestos.

 

A multiplicação das sementes é preciso fazer

E a terra se encarrega disso quando plantamos

Seja pela sapiência ou consciência, manifestos.    

 

 

 

Produção: Miriam Carmignan

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s