Como vemos as mães?…

Campo-de-flores

Essa é a maior dificuldade para a maioria dos filhos:

A forma que olham para suas mães.  Só, como filhos!

Odeiam ou idolatram-nas, como se fossem imbatíveis…

Elas são seres frágeis e fortes, também suscetíveis.

 

Tentam dar o melhor de si, mas nunca é o suficiente

Buscam, como as abelhas, o néctar adocicado das flores

Compartilham as porções na colmeia para seus amores

Concebem, tecem e protegem, são mães, simplesmente.

 

Creio dever-se repensar a possibilidade de vê-las normais

Sujeitas as mudanças como nas transformações do tempo

Em cada estação, uma maneira diferente de apreciação.

 

Rebelam-se com seus procedimentos um tanto informais

Orientam os filhos, mesmo diante dos contratempos:

As mães se parecem com filhos. Esperam por valorização!

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

 

Anúncios

Um comentário sobre “Como vemos as mães?…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s