Ir…Chegar…Partir…

bella.buraco.dor

Precisamos ir…  Temos que chegar… Dói partir…

Expectativas para ir ao nosso destino já traçado

Sabemos chegar, mas não como será encontrado…

Involuntárias sensações do medo para prosseguir.

 

Temos que chegar, mesmo com alguns obstáculos

Transpondo-os com a força de um gigante dragão

Que resplandece um imenso amor no seu coração

Sai do fundo da sua caverna seguindo até o oráculo.

 

Dói ter que partir melancólico do breve aconchego

Rostos sombrios pelos corredores escuros passam

Vultos disformes dos corpos que vão, se disfarçam

O cálido soprar dos ventos abranda para desapego.

 

Desintegra cheiros, leva para longe os dissabores

Ebulição dos incontáveis e inocentes sentimentos

Contempla todas as idas e vindas, contentamento

Com os sabores e a volta de seus eternos amores.

 

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s