O que fizer, está bom

flores magnificas

Querida menina meiga, acalme seu belo coração

Sinta a força propulsora das brisas com emoção

Não maltrate seu corpo, com extremos cansaços

Faça apenas o suficiente, sem muito estardalhaço.

 

Mulher brilhante abraça consciente o que faz

Saltitante com as pequenas desventuras e traz

Idealiza seus sonhos, persevera e afora vai…

Nos obstáculos, se impulsiona, busca e extrai.

 

Preciosas alquimias de sabores com seus suores

Confrarias nas magníficas alegrias com os amores

Compraz na complexa trama das danças já vividas

Acolhe no seu coração as doçuras mais preferidas.

 

Mulher forte e confiante nos ambíguos empecilhos

Coreografando, perpassa seus limites nos conflitos

Essência de uma flor exalando o delicioso perfume

Devagar se aconchega em nós, conforme costume.

 

 

Produção texto:  Miriam Carmiganan

Tempo certo

sonhos

Observa os pássaros no céu que sobrevoam e buscam

As sementes germinando e os frutos maduros nas árvores

Chuvas que caem, correm pelos córregos e rios, e desaguam  

Nos campos, as flores livres e perfumadas exaltam suas cores.   

 

Sintoniza-te com os preciosos momentos no presente e sente

Não os desperdices, preocupando-te com o novo amanhecer

Sabes  se estarás  aqui? Contenta-te. Não fiques ausente

A natureza nos presenteia com fascínios sutis até no anoitecer…

 

Fascinantes encantos cada ser proporciona na maneira e forma de ser

As dissemelhanças lançadas foram, brotam e florescem no tempo certo

São endurecidos ou maleáveis na conformidade dos ciclos e dos ventos.

 

Cuida do teu santuário, que é o teu maior presente. Semeia sim, irás colher

Deleita- te no labirinto da vida, e transpõe os obstáculos nos rumos incertos

Sonha e vivencia num universo real, cadenciando a vida conforme os tempos.

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

 

 

 

 

 

Mãos carinhosas

 

IMG-20170806-WA0021

 

 

 

 

 

 

Acordo sentindo o toque delicado de suas mãos

Quando suavemente percorrem sobre as minhas

Como num rio sereno que em seu leito caminha

Leva para bem longe as inquietações do coração.

 

Explora belos lugares cativantes e desconhecidos

Dos homens que vagueiam e contemplam apenas!

Ensolarado dia amanhece e encontra novas arenas

Cadenciando com as suas mãos, segue embevecido…

 

Rema conforme as marés e joga a sua rede ao mar

Aguarda o que deseja pescar, se peixes ou sereias

Flutua como pluma ao vento, submerge e saboreia

Contempla a vida e aquieta sua mente com seu par.

 

Revive momentos bons e sintoniza com o universo

Acaricia com suaves toques, mãos fortes e bonitas

Afaga e produz as mais belas artes com as escritas

Mensagens contagiantes com os inteligentes versos.

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

Foto: Caroline Riquetti

 

O branco cristalino na terra escura

vvale_geada-reproducao2

Em seu caminhar, observas apenas as camadas de terra escura

Na negritude da noite andas…

Deparas-te com tapetes brancos e cristalinos

Nos campos e nas verdes árvores, a mais pura brancura!

Como as brancas nuvens do céu na harmônica beleza inebriante!

Feitura ornamental das baixas temperaturas frias e contagiantes.

 

Precisas atingir mais tenra maturidade para não reclamar e sorrir

Das opulentas paisagens que branqueiam o solo e congelam o ar

Suprema claridade dos raios de sol ofuscando as trevas no andar

Luz que abranda os medos, encobrindo a névoa do teu semblante

Que corrói tuas entranhas pelas tamanhas desolações constantes.

 

Longínquos lugares quentes buscas, para colorir e te aqueceres

Do frio que enrijece teu corpo frágil, que eloquente ainda sentes

O compasso do tempo que materializa teus sonhos, simplesmente…   

Espreitando sussurros calmos, brandos e gelados como as geadas

Tonalizando as cores das escuras estradas nas longas caminhadas.

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

 

 

 

 

Desejo encontrar-te

sonhar-com-a-pessoa-amada

Aqui venho para encontrar-te

Onde estiveres desejo que venhas ao meu encontro

Sob o céu azul, elevo os meus pensamentos. Espero-te.

 

Onde renovaremos nossos sentimentos e lamentos

Das agruras vividas e sentidas

Sutis momentos de plenos contentamentos.

 

Com venturas e desventuras prazenteiras

Do que somos e o que pensamos sem subterfúgios

Sensações compartilhadas sinceras e verdadeiras.

 

Observo as aves que rodopiam por entre as árvores

Sinalizando um bem querer do meu bem em rever-te

Sentir teu cheiro do corpo suado e apreciar as flores.

 

Palpitante, faz uma prece sentindo o vento forte no rosto

Energizam-te remexendo fundo e tendo complacência

Garimpo em sonhos que estás vindo ao meu encontro…

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

Dunas de areia

 

20170722_102851

Caminhas pelas dunas de areias brancas

Do alto vislumbras o infinito do mar azul

Inebrias-te com tamanhas belezas brandas

Inexplicável grandeza e magnitude no sul.

 

Incontáveis segmentos dentro de um templo

Onde apenas estar para contemplar e usufruir

Sob um mesmo céu estar presente um tempo

Em plena contemplação, sentir e deixar fruir…

 

Os barcos balançam nas ondas calmas e normais

Enquanto pescadores jogam na água suas redes

Gaivotas grasnam, mergulham belas e colossais

O vento forte levando mais grãos para as paredes.

 

Aumentando cada vez mais as dunas de fina areia

Com as camadas altas, sobrepostas, finitas e planas

Afunda os teus pés nos montes e o corpo sombreia

Na quietude repousa a natureza. Perfeito! Exclama!

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan

 

 

 

Feliz ou Infeliz?

duas faces

Depende das escolhas que por ventura escolhestes!

Se omitires teus sentimentos para apaziguar relações

Com atitudes inconvenientes, crendo ser convincentes

Julgadas é por tuas ações, independente das situações.

 

Necessário agir para reeducar, conforme constatação

Dos abusos e infortúnios que ocasionam frustrações.

Destilam desconfortos emocionais como um furacão

Absurdas palavras rudes das inóspitas provocações.

 

Feliz em perceber a possibilidade de melhorar e mudar

Fica-se nesta inércia platônica branca, não transparente

Ou acorda com intransferíveis ações que deves tomar

Generosas, aconchegantes, também resplandecentes.

 

Probabilidades aumentarão se estas forem construtivas

Sombreando as tristezas, dando pinceladas de alegrias

Com muita coragem e altruísmo, desde que perceptivas

Uma avalanche de ternura feliz ou infeliz, sem nostalgia.

 

 

Produção texto: Miriam Carmignan